Ilhas Flutuantes

Assim como o Brasil e a Argentina, que dividem cuidados na preservação de um dos mais belos espetáculos naturais do continente (saiba mais sobre as Cataratas do Iguaçú), Bolívia e Peru compartilham a soberania sobre o lago navegável mais alto do mundo: o célebre Titicaca, que se encontra a mais de 3800 metros de altitude.

Dizem que de suas águas emergiram Manco Cápac e Mama Ocllo, filhos do Deus Sol e pais da fascinante civilização Inca.

No entanto, o Lago Titicaca é sagrado para os peruanos e bolivianos não apenas no que se refere a suas crenças, mas no que tange ao turismo. Afinal, em países tão pobres, um chamariz econômico dessa magnitude parece uma dádiva dos Deuses.

É por isso que os habitantes das várias ilhas espalhadas por esse imenso patrimônio natural buscam atrair turistas e tirar daí o seu sustento. Um dos casos mais emblemáticos encontra-se próximo à cidade de Puno, no Peru. Feitas de totora, uma planta típica do lago, as Ilhas Flutuantes de Uros são artificiais e “construídas” pelos Uro-aymara, indígenas moradores do local que, como se nota, conferem o nome à atração.

Veja aqui todas as imagens das ilhas flutuantes.

[slideshow]

TAGS: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

0 Comentários



Oba! Seja o primeiro a comentar.

Opa! Comente!

Tsc! Você precisa estar logado para comentar aqui.